Encontra o teu futuro à volta da Natureza…

Se queres ser engenheiro florestal tens que gostar da natureza, de trabalhar com os recursos naturais e respeitar as leis de defesa do ambiente e proteção da biodiversidade.

A Arquitetura Paisagista é uma área de educação superior que corresponde a uma profissão. Trata-se de uma profissão fundada num processo criativo, que usa a linguagem arquitetónica – é por isso uma profissão para o futuro. A profissão do arquiteto paisagista não se vai extinguir com o progresso tecnológica.

O principal objetivo do curso é assegurar a aquisição de competências nas diversas áreas da ciências florestais, com especial incidência no reconhecimento aprofundado das componentes e das interações nos ecossistemas florestais.

O mestre em Arquitetura Paisagista (conjugando a licenciatura e o mestrado) obteve formação numa área de educação superior que corresponde a uma profissão. Trata-se de uma profissão fundada num processo criativo, que usa a linguagem arquitetónica – é por isso uma profissão para o futuro.

As aulas práticas são leccionadas com base em exemplos concretos de aplicação de tecnologia SIG/GPS/DR em trabalhos de investigação (ex. protecção da floresta contra incêndios florestais, riscos naturais, luta biológica em culturas agrícolas, planeamento municipal de emergência, ecologia da paisagem, dinâmica de doenças e de pragas, etc.) desenvolvidos na UTAD.

O Curso procura contribuir para o melhor planeamento de arborizações. Capacitar os alunos no uso de Métodos de Análise, Amostragem, Recolha de Dados com atributos que permitam a boa caracterização arbórea.

O 3º Ciclo de Estudos conducentes ao grau de Doutor em Ciências Agronómicas e Florestais tem como objetivo principal formar especialistas com conhecimentos aprofundados nas diversas áreas das fileiras agronómica ou florestal, capazes de produzirem conhecimento através da realização de investigação original, numa perspetiva fundamental ou aplicada, e capacitados para a difundirem